Economia Colaborativa no blog da Alster - Transformamos o esporte a partir da colaboração

A Economia Colaborativa vem fazendo muito sucesso!

A Economia Colaborativa (ou “Sharing Economy”) vem fazendo muito sucesso ao redor do mundo desde a crise econômica de 2008. Talvez muitos não saibam, mas 2008 é considerado o seu início, ainda que houvesse resquícios de seus princípios e suas características muito antes disso.

 

Mas, antes de falarmos disso, é importante salientar que nosso objetivo não é apenas explicar o que é a Economia Colaborativa. A razão deste post é te encorajar a participar cada vez mais dela, seja consumindo, compartilhando ou empreendendo. Bom… Vamos lá! Passaremos rapidamente por alguns conceitos básicos, colocaremos todos na mesma linha e, a partir disso aventaremos as possibilidades!

 

A Economia Colaborativa foi altamente difundida a partir do livro WHAT’S MINE IS YOURS, da Rachel Botsman, publicado em setembro de 2010. A partir dele, de um momento crítico na economia americana e de um boom tecnológico que te permitiu ter vários recursos na palma da sua mão (importante lembrar que o lançamento do iPhone aconteceu em 2007, mas foi popularizado apenas alguns anos depois), o conceito prosperou com louvor. Abaixo, os seus princípios:

 

  • PROPRIEDADE NÃO É O QUE IMPORTA: Até então, ter era muito mais importante do que usufruir. Quantas pessoas trabalhavam uma vida inteira para adquirir o SEU carro, a SUA casa, comprar os SEUS bens? A partir da Economia Colaborativa tudo isso mudou, e foi percebido (principalmente por uma crise econômica) que usufruir era o mais importante. Com essa nova perspectiva, para se deslocar você não precisaria mais ter o seu carro. E isso traria uma grande economia; para tirar férias e viajar no fim de semana, você não precisaria ter uma casa no litoral ou no interior, porque você poderia alugar casas e apartamentos legais, e usufruir como se fossem seus; não seria mais necessário você ter uma furadeira (exemplo mais clássico), cortador de grama, ferramentas, louça de festas… Porque você poderia alugar ou contratar apenas no momento oportuno. Assim, o custo para ter um furo na parede, uma grama cortada 1x por mês, o conserto esporádico em casa, ou a festa bem decorada despencaria vertiginosamente.

 

  • TRANSPARÊNCIA E CONFIANÇA: Ser transparente (abrir valores de custo na etiqueta do produto, apresentar informações sobre o bem, serviço e produto) é fundamental para que a confiança exista. Assim, as pessoas começam a ficar mais tranquilas, seguras, e assumir riscos antes não imagináveis, ou contratar serviços que antes não pareciam adequados. E, como exemplo, podemos citar o sucesso do AirBnB e do Uber, serviços que exigem dos usuários muita confiança para aceitar dar ou receber carona para/de um estranho, ou alugar um imóvel de/para um desconhecido. Mas essa questão logo é superada quando você tem a opção de “rating” do serviço/cliente, que publiciza a validação social daquilo.

 

  • O BEM OCIOSO É VALOR DESPERDIÇADO: Ter o carro, ter a furadeira, ter a casa no litoral, mas deixar ele estacionado, ela guardada na despensa ou ela trancada diversos dias durante o ano, se mostrou algo insano. Nos cálculos feitos, ficou claro que muito dinheiro estava sendo despendido para nada, indo pelo ralo. A Economia Colaborativa permitiu que as pessoas compartilhassem tudo isso que estava estagnado, gerando valor para todos. Fez com que percebêssemos que era possível repor parte do valor despendido, ou que era possível despender menos para usar o bem.

 

O Que é meu é seu – Rachel Botsman

A partir disso, surgiu muita coisa que se tornou fundamental nas nossas vidas: serviço de mobilidade, serviço de hospedagem, serviços de locação de diversos produtos, serviço de delivery, produtos de economia circular, e assim por diante…

 

Para que a Economia Colaborativa aconteça, é importante ser implementado o sistema de plataforma. A partir disso, surgem 03 grandes possibilidades de colocar ela em prática:

 

  • MARKETPLACE: São plataformas utilizadas para intermediar negócios. Conectar o prestador do serviço com o cliente interessado. Exemplos: Ifood, Amazon, Uber, AirBnB, Fiverr, Bike Itaú.

 

  • CROWDSOURCING: São plataformas utilizadas para reunir dados, informação e conhecimento das pessoas, para potencializar esse recurso a favor da sociedade. Exemplos: Wikipedia, Waze, Couchsurfing, Craigslist.

 

  • CROWDFUNDING: São plataformas utilizadas para captar recursos financeiros entre pessoas para realizar o objetivo e projetos de pessoas que não tem recurso suficiente. Exemplo: Alster, Kickstarter, Catarse, Benfeitoria, Indigogo, Omaze, Patreon.

 

Irado, né?! Negócios abertos, irreverentes e do bem… (Sim! Esses são os valores de um dos nossos parceiros, e que admiramos muito. Já sabe quem é? É a Dobra). Eles vêm, a cada dia mais, se tornando numa referencial nacional de empresa da Economia Colaborativa, utilizando conceitos do Capitalismo Consciente. Acesse alguns desses links para conhecer mais dessa empresa tão especial:

 

A GENTE SEMPRE QUIS MUDAR O MUNDO!

POR QUE ABRIMOS OS MOLDES DA DOBRA DE GRAÇA NA INTERNET

 

A Economia Colaborativa é uma nova forma de se conectar em termos de negócio. Ela tem o alinhamento necessário para esse novo momento que estamos vivendo… Ela traz tranquilidade, segurança, abundância, empatia!

 

A Alster tem muito orgulho de fazer parte disso. Nós escolhemos sermos vivos, colaborativos e conectados. Para transformarmos o esporte a partir da colaboração, precisamos nos despir de vaidades, competição e rivalidade. Estamos aqui: de braços abertos para conexões que gerem impacto positivo no esporte, façam bem às pessoas, agreguem experiências inesquecíveis a todos que por aqui passarem. Tudo isso é o combustível necessário para conectarmos as pessoas certas ao redor dos sonhos que valem a pena serem realizados!

 

Você também pensa assim? Vem! Vem com a gente, a nossa comunidade precisa de você!

 

 

 

Gostou? Show! Bora compartilhar com a galera?

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on email

Conheça as Campanhas

Explorar

Realize seu Sonho

Criar Campanha

Login

Nunca passou por aqui?