Primeiro medo de todo velejador

Primeiro medo de todo velejador

Para falar sobre o primeiro medo de todo velejador, gostaria de compartilhar com vocês o meu primeiro medo que venci para começar a velejar e entrar no mundo da vela. Provavelmente, todo mundo já passou por algum tipo de medo ao velejar. Desde o iniciante até o campeão mundial, todos já passaram por isso. O medo é algo importante, pois nos mantém vivos. Às vezes, o medo parece uma coisa ruim, mas nem sempre é, pois nos dá limite muitas vezes necessário para sobreviver. Sendo assim, o problema do medo é o excesso. Saber lidar com ele é fundamental para conseguir atingir os seus objetivos. Muitos velejadores iniciantes desistem da vela justamente por não conseguir lidar com o medo que naturalmente acontece quando iniciamos a velejar.

 

A minha primeira experiência com o medo que consegui superar foi na escola de vela, quando peguei o primeiro vento forte, com dez anos. Eu lembro que, na época, a primeira coisa que eu senti foi a vontade de desistir de tudo. Porém, com a ajuda dos meus técnicos, eu, aos poucos, fui conseguindo superar esse medo.

 

Esse tipo de medo é muito comum no início da vela. Eu entendo bem, afinal já passei por isso. Hoje, eu penso que, para um iniciante, velejar é mais ou menos como dirigir um carro sem freio e com o acelerador mudando sozinho toda hora, pois no barco não tem um freio e o vento muda de direção e intensidade a cada momento.

 

Eu não digo que consegui superar esse medo. Afinal, como eu já disse antes, o medo é importante. Mas, é importante dar a devida importância ao medo. Quem me ajudou a ver isso foi meu pai. Ele me explicou que quando se está com medo, é necessário pensar em dois pontos. O primeiro é verificar se as demais pessoas também estão com medo. Se não estiverem, significa que você está dando muita importância para algo não tão importante. O segundo ponto é pensar em tudo que possa acontecer de ruim e junto com os procedimentos que devem ser tomados caso aconteçam. Assim, nós “programamos” a nossa mente para agir corretamente caso ocorra alguma coisa.

 

Isso me ajudou muito, e hoje compartilho com vocês com a intenção de ajudar quem está passando por esse momento sem desistir. Espero que gostem e até o próximo post.

 

Leia também: Os pilares de uma casaCAMINHO PARA A SUPERAÇÃO

Gostou? Show! Bora compartilhar com a galera?

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on email

Conheça as Campanhas

Explorar

Realize seu Sonho

Criar Campanha

Login

Nunca passou por aqui?